Blog

9 Fundamentos de um Edifício Saudável (segundo Harvard) - Parte 2

Autor: PassivHaus
27/01/2020


Recentemente publicámos um artigo sobre alguns dos 9 fundamentos de um edifício saudável, baseado num estudo da Universidade de Harvard. A Escola de Saúde Pública de Harvard desenvolveu um programa e reuniu um conjunto de especialistas que identificaram os 9 Fundamentos de um Edifício Saudável.


Nesse artigo falámos de 3 dos 9 fundamentos (a ventilação, a qualidade do ar interior e o conforto térmico) e uma das perguntas mais relevantes que se colocava era: será que os edifícios estão a deixar-nos doentes?

Combater a pobreza energética em Portugal

Autor: PassivHaus
16/01/2020


Recentemente ouvi numa palestra sobre o estado dos edifícios em Portugal algo que não consegui esquecer…Energia não significa conforto.

 

A verdade é que o facto de existir a possibilidade de utilizar energia no edifício para aquecer e/ou arrefecer o ambiente não quer dizer que as pessoas estejam confortáveis.

O algodão não engana e as Passive House também não

Autor: PassivHaus
04/12/2019


Nos últimos meses publicámos vários artigos e informações sobre o direito a ter uma habitação saudável e com conforto, mas também sobre notícias de falsas Passive House. Notícias que apenas vêm mostrar que o mercado reconhece as vantagens competitivas do conceito, apesar de por vezes não estar disponível para garantir os requisitos das Passive House, quer no projecto, quer em obra. Por isso têm surgido edifícios que são promovidos como Passive House, mas não o são. 

Passive House em Espanha: “Será que a galinha da vizinha é melhor que a minha?”

Autor: PassivHaus
29/11/2019


Espanha tem uma população quase 5 vezes maior que Portugal e uma economia que, tradicionalmente, é mais forte que a portuguesa. É um país geograficamente maior e não tão afastado do centro da Europa como Portugal. Serão estes (também) factores influenciadores do seu posicionamento quando falamos em Passive House?

Quando a marca PassivHaus é usada apenas para vender…

Autor: PassivHaus
24/10/2019


O conceito Passive House existe há várias décadas e a marca Passive House tem-se imposto um pouco por todo o mundo. Quando engenheiros, arquitectos, investidores e todo o sector da construção percebeu os benefícios do conceito Passive House não só para os utilizadores, mas também para o meio ambiente, o conceito passou a marca. Hoje poder apresentar um edifício Passive House é uma vantagem competitiva no mercado. A evolução da tecnologia da construção tem permitido a todo o sector imobiliário um nível de exigência elevado, não só na qualidade da arquitectura e materiais, como nos processos construtivos. Os edifícios são cada vez mais eficientes e não apenas no seu comportamento energético, mas em todas as suas valências. O conceito Passive House e sua implementação têm contribuído para este padrão de exigência ajudando edifícios com usos e características muito diferentes a atingir desempenhos muito elevados e assim contribuir para a melhoria do parque edificado. 

1 
2 
3 
4 

Subscreva a Newsletter Passivhaus Portugal

   
   
© 2018 Associação Passivhaus Portugal
by INOVAnet

Associação Passivhaus Portugal