Blog

10 Edifícios Passive House que não são casas

Autor: The International Passive House Association (iPHA)
19/07/2021



É um erro comum considerar que o conceito Passive House apenas se aplica a edifícios de habitação. De facto, o padrão pode ser alcançado para todos os tipos de edifícios, incluindo edifícios de escritórios, comércio, recreativos e educacionais. Na verdade, para reduzir o consumo de energia operacional em todo o sector da construção, é fundamental que os princípios da Passive House sejam aplicados a edifícios residenciais e não residenciais. Para destacar a variedade de edifícios Passive House partilhamos alguns dos edifícios Passive House menos conhecidos que pode não ter considerado:

 

 

 

1. Supermercados

 

Pode ficar surpreendido ao saber que existem vários supermercados Passive House, e esta Tesco Eco-store na Irlanda foi o primeiro supermercado Passive House certificado do mundo!

 

 


Imagem: Joseph Doyle Architects, Dublin, Irlanda

 

 

 

2. Quartéis de bombeiros

 

Embora os quartéis de bombeiros possam não atender ao padrão Passive House (estão fora da envolvente térmica!), as áreas de administração podem e atendem ao padrão em vários quartéis de bombeiros na Alemanha - um em Heidelberg e outro em Wolfurt. Outro quartel de bombeiros está a ser construído de acordo com os requisitos Passive House em Vancouver.

 

 


Imagem: Robert Fessler 

 

 

3. Escolas e edifícios universitários

 

O conforto é parte integrante da aprendizagem, então por que não criar a melhor atmosfera de aprendizagem possível, com temperaturas adequadas, ar puro e fresco e à prova de som e distrações? Isso é o que mais de 100 instituições de ensino fizeram ao construir escolas e universidades Passive House, como esta escola na Áustria.

 

 

Imagem: Markus Kaiser

 

 

 

4. Creches e jardins-de-infância

 

Existem muitos jardins-de-infância e creches Passive House. Esta creche na Dinamarca foi um dos primeiros edifícios Passive House nessa categoria. Sendo as escolas e creches os edifícios mais populares de aplicação do padrão Passive House fora do sector residencial, há muitas informações relacionadas a edifícios educacionais Passive House no Passipedia.

 

 


Imagem: Uffe Johansen

 

 

 

5. Equipamentos de saúde

 

Ninguém quer sentir frio enquanto recupera! A temperatura constante e confortável nos edifícios Passive House, complementada pelo sistema de ventilação, que garante o fornecimento de ar fresco e limpo, proporciona o local perfeito para uma recuperação rápida! Existem muitos exemplos de edifícios de cuidados de saúde Passive House em todo o mundo e este centro de terapia é apenas um deles. E… algumas notícias empolgantes, o primeiro hospital Passive House do mundo está quase pronto!

 

 


Imagem: TherapieStützpunkt

 

 

 

6. Museus

 

Os museus podem ser edifícios com correntes de ar, mas não os museus Passive House, que são estanques ao ar, bem ventilados e confortáveis. O primeiro do mundo foi construído em Ravensburg e abriga a colecção mais significativa de obras de arte de Peter e Gudrun Selink em todo o mundo, bem como outras modernas obras de arte.

 

 


Imagem: Herz & Lang GmbH

 

 

 

7. Equipamentos industriais

 

Ambientes industriais pesados e frios? Nunca mais! Bem, pelo menos não serão frios... Os equipamentos industriais Passive House mostram que o tamanho é apenas um número - um que pode atender efectivamente ao padrão Passive House, mesmo em áreas úteis maiores que 16.000 m²! O Star Innovation Center é o primeiro projecto Passive House no Sul da Ásia e uma das únicas fábricas certificadas no mundo.

 

 


Imagem: Ganidu Balasuriya

 

 

 

8. Locais de culto

 

Igrejas, templos, sinagogas, mesquitas e uma variedade de outros locais de culto podem cumprir elevadas metas de eficiência energética! Este templo em Tóquio é o primeiro edifício de arquitectura budista do mundo a atingir os requisitos de um edifício Passive House Low Energy.

 

 


Imagem: Satoshi Asakawa 

 

 

 

9. Piscinas públicas

 

Piscinas cobertas são um tema delicado actualmente na comunidade Passive House. Muitas piscinas em países europeus foram construídas na década de 1970 e, portanto, há uma grande necessidade de reformas e reabilitação. Esta piscina interior, Bambados, é um exemplo de uma dessas piscinas que foi remodelada e conseguiu uma redução no consumo de energia de mais de 50%!

 

 


Imagem: Passive House Institute

 

 

 

10. Bibliotecas

 

Os livros também beneficiam de uma ventilação adequada, o que faz com que as bibliotecas e a Passive House sejam o par perfeito. Esta biblioteca pública em Pittsburg é um exemplo brilhante disso mesmo.

 

 


Imagem: Thoughtful Balance Architecture

 

 

É emocionante ver o padrão Passive House aplicado de tantas maneiras diferentes e criativas. Consegue pensar em mais algum tipo de construção de Passive House que não seja uma casa? Envie-nos os seus comentários!

 

 

 

© International Passive House Association, 2018. O uso não autorizado e/ou a duplicação deste material sem a autorização expressa e escrita do autor do site e/ou do dono é estritamente proibida. Excertos e links podem ser utilizados, desde que o total e claro crédito seja dado à International Passive House Association com uma adequada e específica direcção ao conteúdo original.


Tag(s): #Desempenho, #Certificacao, #Exemplos

Subscreva a Newsletter Passivhaus Portugal

   
   
© 2018 Associação Passivhaus Portugal
by INOVAnet

Associação Passivhaus Portugal