Blog

Pontes Térmicas: Invisíveis ou nem por isso?

Autor: Passivhaus Portugal
11/03/2020



 

Sabia que um dos 5 princípios básicos das Passive House é evitar ou minimizar o efeito das pontes térmicas na envolvente do edifício?

 

Mas o que são pontes térmicas na construção e porque devemos evitá-las?

 

Pontes térmicas na construção são locais do edifício onde ocorre uma descontinuidade no elemento construtivo o que provoca uma variação no fluxo de calor. Elas acontecem geralmente onde há a quebra ou redução no isolamento, ou onde o isolamento é perfurado por um elemento com uma maior condutividade térmica.

 

Por exemplo, as pontes térmicas podem existir em elementos planos (pontes térmicas planas), em elementos lineares (pontes térmicas lineares) e ainda em elementos pontuais (pontes térmicas pontuais):

 

 

- Nas ligações entre paredes e pavimentos;
- Nas ligações entre paredes e coberturas;
- Nas ligações entre paredes e vigas ou pilares;
- Em orifícios na envolvente opacas do edifício para passagem de condutas ou cabos;
- Nas zonas periféricas de portas e janelas;
- Nas zonas horizontais das caixas de estores;
- Em grampos metálicos usados em alvenarias;

 

 

Mas serão estas “pontes” relevantes? Será mesmo necessário preocupar-nos com as pontes térmicas? Estes locais de passagem preferencial de calor, não são invisíveis?

 

 

 

 

Não. Como vimos num dos últimos artigos as pontes térmicas podem não ser invisíveis.  

 

 


  

... sabia que até 30% das perdas de energia de um edifício podem ocorrer pelas pontes térmicas.

  


 

 

Com este peso nas perdas de energia é óbvio que temos que olhar de modo mais atento para as pontes térmicas… afinal o calor está a fugir por elas. Com o aumento no reforço do isolamento térmico na envolvente opaca, as pontes térmicas, tornaram-se ainda mais relevantes. Explicando melhor, isolando tudo, caso haja uma descontinuidade, ela terá grande impacto no desempenho energético do edifício. 

 

Mas não é apenas pela perda de eficiência energética que as pontes térmicas são relevantes. Elas são muito importantes por potenciarem patologias, nomeadamente condensações que levam ao desenvolvimento de mofos e bolores tão prejudiciais à saúde humana.

 

E quando estas condensações ocorrem as pontes térmicas deixam (mesmo) de ser invisíveis e passam a ser “demasiado visíveis”. A verdade é que há formas de identificar visualmente uma ponte térmica ainda antes de ela se manifestar através da formação de patologias, chama-se imagem termográfica.

 

 

 

 

 

 

Com uma câmara (termógrafo) que mede a temperatura superficial dos elementos construtivos (quer opacos como as paredes, quer transparentes como o vidro das janelas) é possível tirar fotografias dessa temperatura e assim facilmente identificar a zona da ponte térmica, como na imagem acima. Já na imagem abaixo é possível ver outro exemplo de uma imagem termográfica, mas esta tem algo diferente.

 

 

 

 

 

Nesta última imagem existe um edifício Passive House, será que consegue identificá-lo?

Deixe a sua sugestão nas nossas redes sociais Facebook, Linkedin e Twitter.

 

Não existem dúvidas! As pontes térmicas não são invisíveis.

 

 


Tag(s): #PontesTermicas, #Saude, #Conforto

Subscreva a Newsletter Passivhaus Portugal

   
   
© 2018 Associação Passivhaus Portugal
by INOVAnet

Associação Passivhaus Portugal