Blog

Como reconhecer uma Passive House?

Autor: PassivHaus
10/02/2020



Em 2019 a Associação PassivHaus Portugal lançou uma checklist de como reconhecer uma Passive House e de forma muito clara resumiu-a em “7 Passos para confirmar que a sua casa é Passive House” aqui no blog… 

 

Com este crescimento sustentado tem havido a preocupação em esclarecer os consumidores em como reconhecer uma Passive House, para que estes não sejam enganados e “não comprem gato por lebre”. Já aconteceu em Portugal a marca Passive House ser usada para promover um empreendimento e este não cumprir os requisitos e/ou não ser certificado Passive House. Quando a marca PassivHaus é usada apenas para vender há um problema!

 

Por isso a DECO, reconhecendo a importância do tema para os consumidores resolveu, em parceria com a Homegrid e a Associação PassivHaus Portugal, fazer um breve vídeo a explicar as Passive House, o conceito, as vantagens e como as reconhecer. Aliás, a DECO tem uma secção de notícias dedicada apenas ao sector das Casas e Energia… Porque será?

 

O mercado já reconhece que a marca Passive House acrescenta valor aos empreendimentos e muitos tentam usá-lo de forma indevida, assim para além do vídeo a DECO publicou uma notícia, ainda em 2019 para clarificar o conceito Casas Passivas: eficientes sim, mas não se deixe enganar.

 

 

 

 

 

Desde 1991 que o conceito Passive House está implementado, estudado e validado e chegou ao nosso país em 2012 com o projecto e construção das primeiras Passive House em Portugal, em Ílhavo.

 

Uma Passive House pode ter muitas tipologias, pode ser uma moradia, um escritório, um hotel… pode ser uma obra nova ou reabilitação, mas em todos os casos as vantagens são muitas:

 

- melhor qualidade do ar interior;

- níveis superiores de conforto térmico;

- melhoria dos níveis de conforto acústico;

- níveis de eficiência energética mais elevados e redução das emissões de CO2.

 

E quem ganha com estes benefícios são os consumidores, as pessoas que de facto usam o edifício. Afinal, é por elas que os edifícios existem. E por isso o conceito tem crescido em Portugal desde 2012, porque as pessoas sentem estas vantagens… A verdade é que aos poucos o conceito tem-se disseminado por Portugal e neste momento há cerca de 100 projectos Passive House em desenvolvimento por todo o país. 

 

 


Tag(s): #Certificacao, #Desempenho, #Conforto

Subscreva a Newsletter Passivhaus Portugal

   
   
© 2018 Associação Passivhaus Portugal
by INOVAnet

Associação Passivhaus Portugal